Vídeos violentos

shutterstock_52418356

Todos os dias recebo videos de animais sendo mortos ou torturados. Acordar e se deparar com um vídeo desses estraga meu dia.

Não sei o que as pessoas que enviam vídeos deste teor acham de bom nisso ou de produtivo. Será que pensam que eu ficando indignado ajudará em alguma coisa???

Dizem que é para chegar até as autoridades para que sejam punidos. Então envia o vídeo direto para eles, pô!!!

Mas o que eu acho mesmo é que eles esperam um linchamento dos autores em praça pública para vingar a barbárie, combater a violência com mais violência. Na verdade, quem pensa assim não está muito longe do assassino ou torturador de animais.

Todos temos uma centelha de ódio pronta para virar uma chama, basta alguém assoprar e nos tornamos tão cruéis quanto qualquer assassino de animais. Mas quem realmente ama animais não propaga a antiga Lei de Talião “olho por olho, dente por dente” ou qualquer tipo de violência.

Muitos desses vídeos foram tirados de páginas de horror. Alguns tem mais de um ano e alguns dos participantes destes já foram punidos. O que grande parte das pessoas que compartilham esses vídeos gosta é de sensacionalismo.

A violência contra animais aumentou muito, mas, na verdade, ela sempre esteve ai o que aconteceu é que as redes sociais a tornou pública.

O que aprendi é que o amor sim deve ser semeado, cultivado e compartilhado. Já o ódio deve ser exterminado. Não deixe brotar no seu coração essa semente de ódio.

Por favor, não compartilhem esses videos comigo.

Anúncios

Calendário Bicho Feliz 2015

calendario

Numa conversa com a diretoria do Grupo Bicho Feliz, tentávamos criar algum evento em que pudéssemos inovar e arrecadar dinheiro para pagar algumas dívidas do Grupo. Então tivemos a ideia de criar um calendário de mesa com fotos de alguns cães que mantínhamos para adoção.

Uma ideia muito boa, mas trabalhosa, pois nunca havíamos feito algo neste seguimento. Até então seguíamos com bazares, venda de pizzas, rifas, etc.

Então saímos a procura de alguém que soubesse como realizar as fotos. Tinha que ser alguém com experiência, pois iríamos usar cães retirados das ruas, alguns tímidos, medrosos e não queríamos passar essa impressão nas fotos.

Então o fotografo Jorge Secco com toda sua bondade disponibilizou seu tempo, material e experiência de maneira voluntária para que pudéssemos realizar as fotos.

O local escolhido foi uma chácara de uma amiga, o transporte realizado, também voluntariamente, por nosso amigo Mateus do Taxi Pets que buscava e levava nossos modelos. Eu me disponibilizei a ajudar a controlar os cães para que eles posassem nas fotos e as meninas preparavam o cenário para os cães.

O trabalho ficou magnífico com fotos lindas, uma mais difícil que as outras de escolher. Esperamos vender cerca de 2000 calendários por R$ 5,00 cada e assim conseguirmos sanar dívidas e ajudar outros animais necessitados.

Os calendários estarão disponíveis em alguns pontos da cidade como CCAA (centro), Dino Pet Shop que fica na rua Francisco Tarcia, 550.

Mas se quiser reservar e garantir o inicio de sua coleção ligue (16) 3432-2402.

Veja o making of do ensaio fotográfico no vídeo abaixo:

Guarda e ataque. Qual a diferença?

cao ataque

Muitas pessoas hoje em dia querem um cão que seja de companhia, carinhoso com a família, respeitoso com as visitas e cruel com ladrões.
Melhor ainda se atacar sob comando.

Mas é melhor ter um cão com uma guarda natural ou seja do próprio instinto dele, do que um mal treinado ou com um dono irresponsável.

Um cão treinado para guarda pode confundir uma criança escondida num parque com uma figurante das aulas de adestramento de guarda.

Por melhor que seja o cão, o adestrador e o dono, esse treinamento não irá funcionar como um relógio suíço.

O que ocorre com o cão treinado?

O cão treinado fica condicionado a reagir sob qualquer ameaça ao seu dono.
Treinar um cão para atacar não é como programar uma máquina, daquelas que geram sempre a mesma resposta quando ativadas. Condicionamentos precisam ser mantidos, revisados e corrigidos. E o controle deve ser maior ainda quando se lida com comportamentos perigosos, ou seja, cães sem temperamento psicológico estável.

Quando não fazê-lo?

Há quem pede para fazer em cães com temperamento medroso. pensam que este irá ficar corajoso. É verdade que com o treino muitos cães medrosos passam a atacar. Mas isso não quer dizer que deixam de ser medrosos. Mas o cão pode aprender atacar por medo o que torna mais difícil seu controle. Existe também o mito de que, para obter controle total sobre um cão, é necessário ensiná-lo a atacar e a interromper o ataque sob comando.

Alguns cães atacam mesmo sem treino

Muitos cães defendem o proprietário e a propriedade naturalmente, sem terem sido treinados. Nesses casos, é importante conseguir controlar e inibir a agressividade do animal para evitar acidentes. Esse controle é obtido por meio da repreensão do cão quando ele se mostrar agressivo diante de uma situação, a qual pode ser armada especialmente para isso.

Pense com cuidado antes de estimular a agressividade. O cão pode ser excelente defensor da propriedade e da nossa vida. Mas também pode machucar seriamente uma criança ou uma pessoa inocente e até matá-la.

É possível treinar um cão para latir e acuar um invasor sem mordê-lo.
Esse condicionamento também tende a estimular a agressividade do cão, mas não é tão perigoso quanto o treino que permite ao cão morder pessoas.

Veja o vídeo a baixo: