Aula de socialização

aula4
Na feira pet que aconteceu em Franca dias 30, 31 de maio e 01 de junho, resolvi organizar uma aula de adestramento em grupo para socializar os cães da feira e ensinar donos qual a maneira certa de segurar e conduzir seus cães e algumas noções de educação.

Ouvi rumores de que eu iria quebrar a cara, que se acontecesse algum acidente tipo uma briga entre cães eu iria me f****, rs.
aula2
Quando se é um profissional de verdade, sabemos o que estamos fazendo e toquei adiante minha ideia. No dia marcado. Reunimos mais de 30 cães na feira para tão esperada aula.

Nesta aula mostrei aos donos de como manter o cão quieto próximo a eles, como andar e condicionar o cão a não arrastar, como faze-lo parar de querer brigar com outros cães.
aula3
No incio alguns cães estavam muitos agitados outros muitos bravos, mas fui mostrando que o problema estava nos donos e não nos cães e a cada minuto que passava e os exercícios eram executados. Donos que se mostravam mais nervosos, foram se acalmando e assim também seus cães.

Lembro de uma proprietária de um Spitz que disse que era impossível fazer seu cão ficar perto de outros, calar ou parar de querer encrencar com os outros cães que ali estavam, ela chegou a querer abandonar a aula mas insisti que ficasse e no final se surpreendeu!
aula1
Foi uma aula muito proveitosa. Fui mostrando que o comportamento gerado pelo cão dependia desde a maneira com que ele segurava a guia, como se posicionava parado, até a maneira como respirava. Ao final estávamos lado a lado, ombro a ombro com os cães tranquilos ao lado de seus donos.

Quero agradecer a Premiatta rações que apostou na ideia. Obrigado ao amigo Sergio Carneiro pela parceria.

Parabéns aos corajosos donos!!

Anúncios

Cão Social

cs1

Uma amiga do Facebook pediu para que eu escrevesse sobre o assunto.

Ela contratou uma diarista nova e sua Rottweiler e sua outra cachorrinha poodle estão com dificuldades de aceitá-la.

Receber uma visita ou contratar um novo funcionário não fazem parte do vocabulário canino todo e qualquer “intruso” será recebido com desconfiança por seu cão. O período inicial de socialização de um cão é de quatro a doze semanas.

É durante esse tempo que as habilidades sociais são impressas neles e sua interação com outros cães e humanos é, com sorte, positiva. A socialização deve continuar na vida adulta. Mas muitos donos de cães escolhem adotar cães mais velhos que ás vezes não foram socializados.

A socialização de um cão adulto com humanos deve ser feita lentamente. A paciência é uma qualidade aqui. Cães e humanos falam línguas diferentes, então ambos estão aprendendo a se comunicar.

cs2

Adicione no máximo uma pessoa por semana na vida do seu cão. Quando o conhecerem, faça com que ofereçam uma recompensa e falem com uma voz feliz, baixa e encorajadora. É melhor não usar um tom estridente que poderá estimulá-lo. Mantenha o cão na coleira de início, e não o force a chegar perto da pessoa. Deixe que ele leve seu próprio tempo.

O principal ao socializar um cão adulto, é ser positivo e fazer com que cada experiência seja boa com elogios e recompensas. Se você prende o cão quando chega alguém ele pode associar a atitude e começar a não gostar da presença de estranhos. Correções não funcionam bem nesse caso e podem criar um cão mais nervoso.

Não deixe a visita ou o estranho sozinho com o cão, principalmente novos funcionários andando pela casa. Mexer nas coisas do território pode ser considerando algo errado por seu cão.

Mantenha sua liderança e terá um cão educado e feliz!