Cocô mole

shutterstock_110690351

Muitos cães passam a vida toda com as fezes pastosas, quando deveria ser firmes sequinhas. O que pode estar acontecendo?

Primeiramente deve-se descartar a possibilidade de vermes até mesmo a giardiase e isso quem vai dar o diagnóstico é o seu veterinário.

Dado o diagnostico o veterinário irá receitar o vermífugo correto tratando o problema do seu cão.

Mas alguns cães também podem possuir intolerância à proteína de frango e quando isso acontece basta mudar a ração para uma com cordeiro ou salmão e o problema logo é resolvido.

Filhotes cuja a quantidade de ração está exagerada também apresentam fezes moles. Neste caso, deve-se verificar na embalagem da ração e fornecer o que está indicado.

Filhotes que comem e destroem tudo pela frente também pode apresentar gastroenterite aguda podendo apresentar até mesmo sangue nas fezes.

Bom, a melhor maneira de se chegar a um diagnóstico é consultar seu veterinário, pois ele te indicará o melhor tratamento.

Anúncios

Boca cheirando chulé

bocao

“Benzinho, advinha o que o Totó comeu hoje!” – diz a esposa. “Pelo cheiro da boca, sua meias!” – retruca o marido. Ah, se eles pudessem sentir o hálito de uma hiena ou um leão, diriam que o hálito do seu cão é um perfume, rs.

Às vezes, um cão tem mau hálito por desequilíbrio do nível de açúcar no sangue. Cães foram feitos para comer carne e não cereais. Quando um cão ingere corretamente a quantidade de proteínas e vegetais, o hálito fica perfeito.

Em certos casos o mau hálito esta associado a problemas de saúde. Um cão consegue sentir a diferença entre um cão saudável e um cão doente através do seu hálito. Problemas dentários como tártaro também desencadeiam o mau cheiro na boca. Se um cão apresenta um odor na boca adocicado ou metálico é bem provável que não esteja muito bem.

Também é bom não deixar suas meias jogadas por ai, rs

Ferveu

cao gelado

Sabe aquele lance de quando a temperatura do carro sobe, ele ferve e você tem que parar e providenciar o resfriamento? Pois é! isso aconteceu comigo essa semana só que ao invés de um carro foi com um cão.

Infelizmente com esse tempo descontrolado as temperaturas logo de manhã já atingem 30ºC a 35ºC o que dificulta para um cão caminhar mesmo na sombra.

Iniciei o adestramento umas 8h e ao andar apenas 15 minutos a sensação térmica do cão subiu e a primeira atitude dele foi se deitar, nada o fazia se levantar, parecia exausto.

Minha sorte é que sempre levo garrafas de água para dar de beber ao cão. Então comecei a molhar a parte interna das coxas dele fazendo com que a temperatura baixasse. Dei água para ele beber e assim que a sensação térmica abaixou, voltamos rapidamente para casa.

Ao chegar em casa iniciei o processo novamente, mas dessa vez molhei o cão por inteiro. O correto de se fazer isso é ir molhando o cão aos poucos, pois jogar água diretamente no corpo super aquecido pode levar a um choque térmico. É como jogar água de uma vez no motor de um carro aquecido. É importante verificarmos sinais que o cão demonstra de estar entrando em estafa por aquecimento. Caso isso ocorra siga as dicas:

1) molhe uma toalha, torça-a para tirar o excesso de água, coloque sob o corpo do cão e com outro pano molhado vá passando na parte interna de suas coxas (das do cão, não nas suas, rs);

2) forneça água fresca e, assim que a temperatura for baixando, acrescente algumas pedras de gelo na água;

3) se mesmo com a temperatura baixa ele ainda estiver ofegante, tossindo, leve-o urgente ao veterinário.

Cuidado com a ração que você compra

ração

Todos sabem que tenho um pet shop e como profissional na área sempre prezo pelo melhor para os cães. Por isso, o que tenho no meu pet é tudo que eu daria para meu próprio cão. Trabalho com rações premium e super premium e de nenhuma maneira, repito de nenhuma maneira, vendo rações a granel. Chego a arrepiar quando entra uma pessoa na minha loja e me pergunta: “você vende ração na concha ou à granel?”.

Que tipo de ração você fornece ao seu cão???

Rações vendidas à granel juntam caruncho, atraem ratos, produzem fungos, as pessoas até conversam e babam em cima.

Em alguns lugares a concha que pega a ração é a mesma q pega o alpiste, a quirela, o milho e assim por diante. Uma ração ficando exposta com certeza perde as vitaminas antioxidantes, além do seu sabor e do seu cheiro, pois a umidade que que os mantêm evapora.

Muitos proprietários de casa de rações nem esperam o alimento que está no “balde” acabar e já jogam mais ração por cima. Você ja perguntou onde esta a data de validade?! Pense bem! Se a fabrica produz pacotinhos de 1 kg, para que vender ou comprar assim? O problema é que algumas rações que são vendidas por kg se comparadas ao saco de 15 kilos no final ficam bem mais cara.

O que não entendo é a nossa vigilância sanitária que tanto presa pelo pagamento de taxas e vem ao nosso estabelecimento multar se tiver alguma ração na embalagem com data de validade vencida, mas não fiscalizam as que estão sendo vendidas fora da embalagem.

Alguns consumidores usam a desculpa: “mas onde eu compro, a ração fica dentro de um expositor fechado, blá blá blá”. As fábricas de ração tem que obedecer normas para armazenamento das rações em sacos laminados que protejam contra umidade. Você acha que um expositor de madeira vai proteger a ração de maneira segura?

VENENO

Pois é, depois alguns donos me perguntam: “Dino, meu cão só come ração, mas seu pelo vive caindo”, também pudera comendo ração contaminada, você tem sorte de cair somente o pelo! Dê uma boa olhada na foto que fiz abaixo em um estabelecimento aqui de Franca. Olha o veneno de rato lá embaixo no chão entre os baldes de ração!

Dicas contra o calor

labrador

Com o calor que está fazendo alguns cães sofrem muito por isso é preciso tomar alguns cuidados para mantê-lo saudável e hidratado.

_ Verifique se água do seu cão esta sempre fresca. Evite deixar a vasilha no sol. Se quiser pode até colocar umas pedras de gelo;
_ Prefira horários com sol mais fraco para caminhar, bem cedo ou a tarde. Importante leve água para vocês dois. Cuidado com chão quente seu cão pode queimar as patas;
_ Se seu cão é peludo faça uma tosa de verão nele, isso irá ajudar a amenizar o desconforto;
_ Verifique se a casinha do seu cão está fresquinha. Conheço muitos canis com telhado eternit onde o único local de sombra é dentro da casinha e mesmo assim a temperatura fica alta;
_ Se seu cão tem pelo curto ou longo, mas seca fácil, você pode molhá-lo durante o dia. Molhar o telhado da casinha e as paredes ajudam a reduzir a temperatura e melhorar a umidade do ambiente;
_ Oferecer algumas frutas geladas também é uma deliciosa e refrescante opção;
_ Evite deixar seu cao dentro do carro mesmo que por 5 minutos. Se for assim, faça o favor de nem levá-lo com você;
_ Evite as roupinhas, sapatinhos e efeites desnecessários. Isso só aumenta a sensação de calor do cão;
_ Se seu cão é idoso deixe uma vasilha de água próxima ou toalhas molhadas para equilibrar a umidade do ar assim a respiração dele fica melhor evite que ele fique se movimentando demais.

Basta seguir essas dicas e aproveitar o verão com tranquilidade!

Coluna

coluna1

Faz duas semanas que minha coluna esta atacada e isso me inspirou a escrever sobre problemas na coluna do cão.

As incidências de problemas na coluna de um cão são os mesmos dos humanos e se eu estou sentindo uma dor dessas imagine o sofrimento de um cão que não sabe falar?

Cães também tem hérnia de disco, bico de papagaios, lesão na coluna devido a algumas brincadeiras exageradas, etc. Por isso evite que o cão puxe durante o passeio, não o deixe subir escadas e nem pular de grandes alturas.

coluna2

Mas como sei que meu cão está com dor na coluna?

Alguns sintomas são: dor ao se movimentar, o cão ficar deitado o tempo todo, se movimentar com dificuldade, gritar quando é tocado na coluna ou movimentado pelo dono, perda de apetite, etc

coluna3

Então reforçando as dicas:

– Não deixe o animal pular de grandes alturas;
– Cuidados com escadas, principalmente na descida. Caso o animal já esteja com problema severo, evite-as;
– Para os animais que dormem na cama ou sofá, compre uma escadinha ou rampa para ajudá-los a subir e descer e não ter impacto na coluna (tem em diversos pet shops);
– Coloque um colchonete e cobertores para não deixar a friagem e umidade do chão piorar a dor que seu animal sente;
– Faça acupuntura e acompanhamento veterinário;
– Use medicações analgésicas conforme receitado pelo veterinário;
– Controle a obesidade de seu cão.
Seguindo estas dicas você pode evitar ou até ajudar no tratamento do problema de coluna do seu cão.

Bolas de pelo

gatolambendo

Quem tem um gato ja notou o quanto eles gostam de se manter limpo, por isso se lambem com frequência pois essa é sua maneira de tomarem banho.

Durante esse processo eles acabam ingerindo os pelos que estão soltos que com o passar do tempo vão formando bolas de pelo no estômago o que passará a fazer mal ao bichano. Então quando meu gato estiver tossindo e expelindo uma água com pelos pela boca é preocupante?

Não! na verdade é até benéfico. Mas caso isso ocorra com frequência é bom procurar um medico veterinário, pois ele pode não estar bem de saúde. Esta “água” ou até mesmo pasta que sai pela boca do animal evita que os pelos se acumulem no estômago.

Sinais que mostram que seu gato tem bolas de pelo no estômago são:

Falta de apetite, perda de peso progressiva, depressão, sono excessivo, gases, redição na quantidade das fezes, vômitos frequentes (tentativa de eliminar as bolas de pelo do estômago) e apatia.

Existem no mercado pastas e petiscos que ajudam o cão a eliminar as bolas de pelo através das fezes. Estas pastas são simples a práticas.
Você passa um pouco na pata dianteira do gato e este vai se limpar lambendo e assim iniciando o processo para eliminação das bolas de pelo.

Para evitar essa situação o melhor é escovar seu gato para diminuir a quantidade de pelos soltos. Outra dica é comprar rações de qualidade, pois elas possuem maior quantidade de fibras, as quais auxiliam o organismo do bichano a eliminar os pelos por meio das fezes.