Cuidado com a ração que você compra

ração

Todos sabem que tenho um pet shop e como profissional na área sempre prezo pelo melhor para os cães. Por isso, o que tenho no meu pet é tudo que eu daria para meu próprio cão. Trabalho com rações premium e super premium e de nenhuma maneira, repito de nenhuma maneira, vendo rações a granel. Chego a arrepiar quando entra uma pessoa na minha loja e me pergunta: “você vende ração na concha ou à granel?”.

Que tipo de ração você fornece ao seu cão???

Rações vendidas à granel juntam caruncho, atraem ratos, produzem fungos, as pessoas até conversam e babam em cima.

Em alguns lugares a concha que pega a ração é a mesma q pega o alpiste, a quirela, o milho e assim por diante. Uma ração ficando exposta com certeza perde as vitaminas antioxidantes, além do seu sabor e do seu cheiro, pois a umidade que que os mantêm evapora.

Muitos proprietários de casa de rações nem esperam o alimento que está no “balde” acabar e já jogam mais ração por cima. Você ja perguntou onde esta a data de validade?! Pense bem! Se a fabrica produz pacotinhos de 1 kg, para que vender ou comprar assim? O problema é que algumas rações que são vendidas por kg se comparadas ao saco de 15 kilos no final ficam bem mais cara.

O que não entendo é a nossa vigilância sanitária que tanto presa pelo pagamento de taxas e vem ao nosso estabelecimento multar se tiver alguma ração na embalagem com data de validade vencida, mas não fiscalizam as que estão sendo vendidas fora da embalagem.

Alguns consumidores usam a desculpa: “mas onde eu compro, a ração fica dentro de um expositor fechado, blá blá blá”. As fábricas de ração tem que obedecer normas para armazenamento das rações em sacos laminados que protejam contra umidade. Você acha que um expositor de madeira vai proteger a ração de maneira segura?

VENENO

Pois é, depois alguns donos me perguntam: “Dino, meu cão só come ração, mas seu pelo vive caindo”, também pudera comendo ração contaminada, você tem sorte de cair somente o pelo! Dê uma boa olhada na foto que fiz abaixo em um estabelecimento aqui de Franca. Olha o veneno de rato lá embaixo no chão entre os baldes de ração!

Anúncios

Aula de socialização

aula4
Na feira pet que aconteceu em Franca dias 30, 31 de maio e 01 de junho, resolvi organizar uma aula de adestramento em grupo para socializar os cães da feira e ensinar donos qual a maneira certa de segurar e conduzir seus cães e algumas noções de educação.

Ouvi rumores de que eu iria quebrar a cara, que se acontecesse algum acidente tipo uma briga entre cães eu iria me f****, rs.
aula2
Quando se é um profissional de verdade, sabemos o que estamos fazendo e toquei adiante minha ideia. No dia marcado. Reunimos mais de 30 cães na feira para tão esperada aula.

Nesta aula mostrei aos donos de como manter o cão quieto próximo a eles, como andar e condicionar o cão a não arrastar, como faze-lo parar de querer brigar com outros cães.
aula3
No incio alguns cães estavam muitos agitados outros muitos bravos, mas fui mostrando que o problema estava nos donos e não nos cães e a cada minuto que passava e os exercícios eram executados. Donos que se mostravam mais nervosos, foram se acalmando e assim também seus cães.

Lembro de uma proprietária de um Spitz que disse que era impossível fazer seu cão ficar perto de outros, calar ou parar de querer encrencar com os outros cães que ali estavam, ela chegou a querer abandonar a aula mas insisti que ficasse e no final se surpreendeu!
aula1
Foi uma aula muito proveitosa. Fui mostrando que o comportamento gerado pelo cão dependia desde a maneira com que ele segurava a guia, como se posicionava parado, até a maneira como respirava. Ao final estávamos lado a lado, ombro a ombro com os cães tranquilos ao lado de seus donos.

Quero agradecer a Premiatta rações que apostou na ideia. Obrigado ao amigo Sergio Carneiro pela parceria.

Parabéns aos corajosos donos!!

Alimentos tóxicos

alimento1

Alguns cães adoram conhecer o mundo e uma das maneiras mais comuns é com a boca. Destroem, rasgam, trituram tudo que encontram pela frente.

Plástico, espuma, borracha e até mesmo pedras tudo isso já vi e já tirei da boca de meus cães, isso quando não vemos algo estranhos nas fezes dele.

Mas é importante tomar cuidado também com que oferecemos aos nossos peludos, muitos alimentos consumidos por nós humanos podem ser altamente tóxicos para nosso cães. O chocolate, por exemplo, que possui uma substância chamada Teobromina – quanto mais escuro mais possui essa substancia – que pode matar cães caso ingiram mais de 52mg por quilo e uma vez ingerida não existe nenhum remédio para reverter o quadro de overdose.

alimento3

Chá mate e refrigerantes a base de cola o alto índice de cafeína acima de 63mg por quilo de peso do cão pode ser tóxica. Condimentos como cebola e alho possuem dissulfeto de n-propil, que age alterando a hemoglobina, destruindo os glóbulos vermelhos e causando anemia.

Já ouve relatos de cães, principalmente de pequeno porte, que tiveram um problema renal com uva e uva passa, mas a substância que causou não foi identificada.

Muitos costumam dar batata pro seu cão ainda mais os que gostam de alimentação natural, mas fique sabendo que batata ou a pele da batata ainda verde contem solamina que pode ser tóxico mesmo em pequena quantidade portanto ao descascar retire qualquer parte verde antes.

 

Petisco de tartaruga

Certa vez, na casa de um amigo e cliente, ao chegar para adestrar seu cão Fred de 6 meses. Seu dono me pediu ajuda para procurar Magali a tartaruga de estimação do irmão que havia desaparecido há 24 horas e nesse Brasil para se dizer que alguém realmente desapareceu tem de se esperar 24 horas. Para mim já estava mais que constatado que Magali – nome simpático para uma tartaruga não? – havia desaparecido (rs).

alimento2

Como ja conheço muitas historias parecidas de cães e animaizinhos exóticos de estimação, olhei para cara de culpado de Fred e perguntei:

“Cadê a Magali?”. Ele desviou o olhar, fazendo uma festinha rebolando freneticamente seu enorme traseiro gordo (rs).

Terminada as buscas sai para rua para dar inicio a sessão de adestramento e durante a caminhada Fred resolveu fazer seu coco matinal e entre um montinho e outro eis que surge a prova do crime. Entre as fezes de Fred havia pequenas escamas verdes, caso resolvido restava ser levado a júri familiar onde seus donos iriam decidir qual seria a punição, claro que eu seria seu advogado de defesa e meu objetivo era que as partes chegassem a um acordo (rs).

Bom, e agora que tal preparar um bom prato de ração para o seu cão?