Do campo para a cidade

cachorro-no-apartamento

Bob morava numa chácara e havia mudado a pouco tempo para um apartamento. Sua família o levara, pois gostava muito dele e o queria por perto.

A vida de liberdade e espaço agora se transformara na apertada e corrida vida de um cão da cidade. Para compensar a mudança de ambiente, ele tinha seus passeios matinais e ainda recebia todos os mimos da família que o levava de 4 a 5 vezes para dar uma voltinha e fazer xixi.

O problema é que Bob não fazia suas necessidades dentro do apartamento, apesar da insistência de seus donos. Para Bob, ele saia para fazer as necessidades e a caminhada era a recompensa para isso, então ele segurava para que o levassem lá fora e isso acabou se tornando uma rotina.

Um local na sacada foi preparado. Colocamos os tapetinhos e até grama artificial para ajudar Bob. Mas ele era persistente, por isso pedi para que a família não saísse com ele enquanto não fizesse as suas necessidades lá.

No inicio, foi uma luta, Bob segurava até não aguentar mais. Soa cruel, mas o que vale ressaltar é que se o dono sede à pressão não haverá aprendizado.

Hoje, Bob sabe que ele sai para passear porque seus donos gostam dele e não somente para que ele faça as suas necessidades.

Bem-vindo à cidade Bob!

Anúncios

Xixi pode, xixi não pode

xixi

Hoje vou falar sobre aqueles produtos que atraem ou repelem o cão a fazer xixi em determinados lugares, os chamados Pipi Pode, Pipi Não Pode.

A primeira coisa que é preciso saber sobre tais produtos é que eles não fazem milagres sozinhos. É preciso que você participe ativamente da educação do seu cão.

Agora, vamos a eles. O Pipi Pode, produto que atrai o cão geralmente é feito a base de amônia e ureia, ou seja, nada mais que xixi engarrafado, pois são químicos encontradas na urina de vários seres vivos, inclusive na de seres humanos. É por isso que quando você pinga o produto no tapetinho ou no jornal é como você estivesse marcando o território, deixando ali um lembrete para o filhote de que é ali o local para se fazer xixi.

Estes componentes químicos também são encontrados no nosso suor, o que explica porque os cães fazem xixi em tapetes de banheiro, pois quando você sai do banho molhado pingam algumas gotas de água do seu corpo nele. Outro local que os cães adoram é a lavanderia. Respingos de água de sabão, que contém amônia, caem ali formando um grande território marcado.

Já o Pipi Não Pode, ao contrário do que o conhecimento popular, não irá repelir o cão ou filhote de fazer xixi naquele local. O que realmente ele faz é desmarcar, tirar o cheiro do lugar onde o filhote fez o xixi, fazendo com que ele procure um novo local para fazer suas necessidades.

Se caso você esteja cansado de usar esses produtos você pode usar o próprio xixi do seu cão para marcar o local a ser usado. Já para desmarcar locais que ele está acostumado a usar, pode-se utilizar a Citronela que não possui amônia ou ureia e tem cheiro mais agradável que o Pipi Não Pode e produtos similares.

Caso queira repelir o cão de determinado local já existem no mercado os chamados Bloqueadores, produtos feitos especificamente para repelir o filhote impedindo que ele faça suas necessidades ou até fique no local, como tapetes, carpetes, sofá, cortinas, etc.

Bom, agora que já aprendeu para que serve cada produto, mãos a obra no condicionamento do seu filhote.