O cão perfeito

Uggie, o cão do filme O Artista, com o Globo de Ouro

Uggie, o cão do filme O Artista, com o Globo de Ouro

Aos amigos que sempre perguntam se seu cão está no padrão perfeito, manchas, focinho, altura, peso, eu deixo aqui o que penso:

A perfeição é uma utopia. Se existisse a humanidade não evoluiria: algo que fosse feito perfeitamente de uma vez, não mudaria, e apenas repetiríamos o mesmo processo vezes sem fim. Mesmo os grandes artistas, que fazem obras que consideramos perfeitas, dizem sempre a mesma coisa: que a obra está acabada, mas não perfeita. Porque eles sabem desse segredo vital para quem quer realizar grandes obras: a perfeição não existe porque estamos em constante processo de mudança e aperfeiçoamento. Acreditar nela apenas prejudica o seu trabalho, sua vida e até mesmo o que você ama.

O cão com estética perfeita nunca será alcançada. Um campeão não fica no topo por muito tempo, o que os experts fazem é definir um padrão a ser seguido. Mas quem diz que não podemos criar o nosso padrão de cão perfeito? Que tal o seguinte padrão: calmo, carinhoso, forte, saudável e que nos ame incondicionalmente? Acho que este é um padrão ideal.

Até porque todas as raças vêm sofrendo mutações ao longo dos anos. Basta olharmos as fotos de antigos campeões caninos. Nelas, notaremos diferença para os de hoje e daqui 50 anos notaremos outras. Isso tudo em nome da perfeição. Cão perfeito é o que você tem. Seu cão adulto talvez não serviria para mim ou para outro, pois foi moldado por você e para você.

Portanto, ame seu cão, preocupe-se apenas com a saúde e com a agressividade e verá que este é o animal perfeito, no padrão ideal pra você e toda sua família. Mas se quiser competir, adquira outro mais próximo do padrão exigido pelo Kennel Clube.