Cão e Portão (Eduque Bem Cedo)

portao

A pessoa chega em casa, para o carro na entrada do portão, entra pelo portão social, pega o cachorro, prende no canil, volta fecha o portão social, entra no carro aciona o portão eletrônico, fecha, desce do carro vai até o canil e solta o cachorro rs… Uma cena muito comum de donos e cães que não se entendem.

Geralmente cães que fogem pelo portão são cães que estão ecessitando de exercícios físicos e quando veem a possibilidade de liberdade aproveitam a situação.

Outro problema são donos que saem pra passear usando o portão eletrônico. Isso acaba condicionando o cão que ao ver o portão aberto associa com a saída para o passeio. É importante condicionar o filhote desde pequeno a sair para passear apenas pelo portão social e treiná-lo a ficar na garagem com o portão eletrônico aberto corrigindo-o toda vez que este se aproximar da calçada. Ao fazer isso você estará condicionando o comportamento dele e poderá tranquilamente usar seu portão eletrônico quando chegar com o carro num dia de chuva intensa.

Lembrando que se estiver com dificuldades procure um profissional.

Anúncios

Cachorro deve ser tratado como cão

1467294_573654856033044_665943421_n
– Dino, eu acho um absurdo gente que dorme com cachorro e que deixa ficar dentro de casa. Por isso ficam esses cães chatos, mimados e alguns agressivos. Eu acho que cachorro tem que ser tratado como cachorro, você concorda?

– Claro que concordo! Cachorro tem que ser tratado como cachorro.

– Mas em que sentindo podemos realmente colocar em pratica esse “tratar como cachorro”?

O que dá a entender é que o cão deve ficar do lado de fora, esquecido, comendo ração, de vez em quando um resto de comida, levar pontas pés ou tapas pra ser educado, latir quando chegar gente estranha, ou seja, fazer a função para que foi escolhido.

1499566_608758015856061_349982062_n

Sendo assim eu discordo totalmente.

Bom, quando você toma a decisão de ter um cão você é responsável por tudo na vida dele, saúde, alimentação, atividade física e inclusive educação.

Quando você traz o cão pra dentro de casa a responsabilidade pela educação dobra, pois um cão que convive mais perto da família vai assumir ainda mais a condição de membro de matilha. É isso mesmo, você é a família desse cão que na linguagem dele se chama matilha.

Quando você coloca a ração é como se você tivesse saído para caçar e trazido a caça, você providencia agua, brinquedos , carinho e em troca o cão te dá todo amor incondicional. Cães que vivem dentro de casa têm a fama de ser mais chatos pelo simples motivo de receberem muito amor, o que é normal. Então quando ele chora e pede comida na hora do jantar e você se rende aos apelos chorosos, no futuro ele subirá na mesa e vai pegar sozinho.

Meus cães só entram em casa quando eu os convido. Tenho uma Lulu que durante o dia fica dentro de casa e à noite vai dormir com o restante da matilha lá fora. Mas não recrimino quem quer o cão ao seu lado na cama, dormindo no seu próprio quarto dentro de casa, afinal ele é ou não é da família?!

Sim, realmente cão tem que ser tratado como cão, com muito amor, carinho e regras a serem seguidas por toda família, independente se ele dorme dentro ou fora de casa.