Do campo para a cidade

cachorro-no-apartamento

Bob morava numa chácara e havia mudado a pouco tempo para um apartamento. Sua família o levara, pois gostava muito dele e o queria por perto.

A vida de liberdade e espaço agora se transformara na apertada e corrida vida de um cão da cidade. Para compensar a mudança de ambiente, ele tinha seus passeios matinais e ainda recebia todos os mimos da família que o levava de 4 a 5 vezes para dar uma voltinha e fazer xixi.

O problema é que Bob não fazia suas necessidades dentro do apartamento, apesar da insistência de seus donos. Para Bob, ele saia para fazer as necessidades e a caminhada era a recompensa para isso, então ele segurava para que o levassem lá fora e isso acabou se tornando uma rotina.

Um local na sacada foi preparado. Colocamos os tapetinhos e até grama artificial para ajudar Bob. Mas ele era persistente, por isso pedi para que a família não saísse com ele enquanto não fizesse as suas necessidades lá.

No inicio, foi uma luta, Bob segurava até não aguentar mais. Soa cruel, mas o que vale ressaltar é que se o dono sede à pressão não haverá aprendizado.

Hoje, Bob sabe que ele sai para passear porque seus donos gostam dele e não somente para que ele faça as suas necessidades.

Bem-vindo à cidade Bob!

Anúncios

Vou viajar, onde deixo meu cachorro???

shutterstock_199220807

Chegou final de ano e a viagem em família se faz necessário, mas alguém da família sempre fica para trás. Daí surge a pergunta: onde posso deixar meu cachorro?

Os hotéis para cães são cada vez mais comuns, mas poucos com qualidade. Por isso segue dicas pra você escolher o melhor para o seu amigão.

Verifique se o local é limpo e tem espaço no canil e se estes são individuais. Muitos hotéis deixam os cães misturados. Isso pode levar a brigas e acidentes desagradáveis e seu cão se machucar para valer.

Se for chácara coloque protetores antipulga e anticarrapato. Verifique também se fica responsáveis no local inclusive fins de semana.

Caso nenhum canil te agrade, contrate uma babá de cachorro que irá duas vezes por dia na sua casa tratar do seu peludo. Geralmente os veterinários tem alguém de confiança para indicar. O mesmo vale para os hotéis caninos.

Seguindo essas dicas você poderá viajar tranquilamente enquanto seu cão tira ferias de você, rs.