Cão de 3 patas

Foto: Dirceu Garcia/Comércio da Franca

Foto: Dirceu Garcia/Comércio da Franca

Lendo a matéria do Comércio da Franca do dia 23/10/2014, fiquei indignado com o abandono de uma cadelinha cuja pata traseira havia sido amputada.

Belinha assim chamada por seus socorristas foi amarrada numa árvore de um terreno no Jardim Veneza em Franca e abandonada.

Fica então a dúvida: por que será que a abandonaram? Será que tinha uma vida dificil? Difícil locomoção? Será que um cão amputado pode ter qualidade de vida? Não creio que foi abandonada por simples crueldade humana.

Alguns animais demoram um pouco a se acostumarem com a novo eixo gravitacional, mas logo conseguem correr, brincar saltar, e aprender truques. Um membro amputado não interfere no aprendizado e alegria de um cão.

Acidentes são as causas mais comuns de amputação de membros é os acidentes. Outros casos de amputação são tumores como o osteo sarcoma que requer a amputação do membro afetado, pois o processo visa impedir o aumento da área afetada.

Se você tem um cãozinho amputado ou pretende adotar um saiba que este poderá ter uma vida normal, procure se informar com pessoas que possuem cães com o mesmo problema e verá que não é um bicho de 7 cabeças.

Anúncios

Pode dar banho em cadela grávida?

cadela

Lembra daquelas coisas que as mães falavam pra filhas evitarem durante a gravidez ou após o parto? Tipo lavar a cabeça no período do reguarde, etc?

As cadelas no período de gestação devem levar uma vida normal exceto, por restrição médica veterinária. Ou seja, pode dar banho normalmente exceto na ultima semana de gestação, pois pode gerar estresse na fêmea.

Após o parto pode-se dar “meio banho” na fêmea ou seja lavando a parte traseira com shampoo neutro e secando bem com o secador evitando passar umidade aos filhotes. Entretanto, é preferível não dar banho na cadela pelo menos até 10 dias após o nascimento dos filhotes. Você pode usar lenço umedecido de bebês para limpá-la se for o caso.

O risco do banho pós parto é que a cadela pode sofrer um estresse alto na hora do banho e gerar problemas na amamentação ocasionando deficiência na produção do leite.

O mesmo pode acontecer com filhote recém nascido. Deve-se esperar a liberação do veterinário para o primeiro banho pois durante o período de vacinação o filhote deve estar com a imunidade alta para que as vacinas protejam melhor, já que durante o banho o filhote pode sofrer estresse e baixar a resistência e ficar suscetível ao contagio de doenças.

O QUE É CIO, PAPAI?

dogs_weddingO garotinho chega pra mãe e diz:
– Mamãe, posso levar a Baby pra passear?
– Não meu filho, ela está no cio! (responde a mãe pacientemente)
– O que é cio mamãe?
– Pergunta pro seu pai.

O filho vai até o pai que está na garagem trabalhando no carro e indaga:

– Pai!? Eu queria levar a Baby pra passear, mas a mamãe disse que ela está no cio. O que é cio?

O pai pega uma esponja molhada em gasolina, passa no bumbum da cachorrinha e diz:
-Pronto meu filho pode ir.

Meia hora depois volta o filho apenas com a guia e a coleira na mão.

O pai pergunta:
– Cadê a Baby meu filho?

– Então, papai. A gasolina dela acabou ali na esquina, mas não se preocupe que o pastor alemão do vizinho está trazendo ela guinchada (kkkkk).

Vamos aos fatos

A cadela está na puberdade quando ela tem seu primeiro cio. Ele ocorre entre sete e 10 meses de idade, na maioria das raças. O cio é a época de “namoro” da cadela. Fora deste período ela não aceita a cobertura do macho. Nesta época os hormônios estão à flor da pele e o humor da cadelinha pode mudar de acordo com o ciclo de menstruação dela. Há casos de cadelas que vivem juntas muito tempo, mas quando acontece algum descontrole hormonal, desencadeia então, brigas e as tornam inimigas mortais, precisando da intervenção de um especialista em comportamento canino.

A castração ajuda muito a controlar distúrbios hormonais e ajudar no temperamento da cadela caso as brigas sejam de origem hormonal é claro.

Em média, o cio das cadelas dura de 15 a 16 dias.

COMO IDENTIFICAR O CIO:
A região genital externa das cadelas (vulva) começa a inchar e observa-se um sangramento de leve a moderado. Chamamos de primeiro dia do cio, o dia em que se observa o início do sangramento.

FREQUÊNCIA DO CIO:
O cio das cadelas manifesta-se a cada seis meses, normalmente. Mas há cadelas cuja frequência varia a cada cinco ou sete meses. O importante é que o intervalo seja constante. Algumas cadelas não apresentam sangramento durante o cio. Nessas fêmeas, é muito mais difícil identificar o momento certo para o acasalamento.

As fêmeas têm cio até o final da vida. Não existe a “menopausa” em cadelas, mas elas possuem TPM, mas mesmo assim, ainda são menos perigosas que as mulheres. (brincadeirinha)