Boca cheirando chulé

bocao

“Benzinho, advinha o que o Totó comeu hoje!” – diz a esposa. “Pelo cheiro da boca, sua meias!” – retruca o marido. Ah, se eles pudessem sentir o hálito de uma hiena ou um leão, diriam que o hálito do seu cão é um perfume, rs.

Às vezes, um cão tem mau hálito por desequilíbrio do nível de açúcar no sangue. Cães foram feitos para comer carne e não cereais. Quando um cão ingere corretamente a quantidade de proteínas e vegetais, o hálito fica perfeito.

Em certos casos o mau hálito esta associado a problemas de saúde. Um cão consegue sentir a diferença entre um cão saudável e um cão doente através do seu hálito. Problemas dentários como tártaro também desencadeiam o mau cheiro na boca. Se um cão apresenta um odor na boca adocicado ou metálico é bem provável que não esteja muito bem.

Também é bom não deixar suas meias jogadas por ai, rs

Anúncios

Mau hálito

bafo

Márcia tinha um chulé daqueles de derrubar urubu e um cachorrinho todo dengoso e mimado, mas estava com um mau hálito terrível.
Numa visita do namorado, Márcia tinha acabado de dar um biscoitinho pro seu cãozinho e quando este se aproximou todo alegre do namorado, Márcia toda dengosa diz:
– Pergunta para o papai se ele adivinha o que você acabou de comer?
E o namorado sem pestanejar reponde:
– As meias da mamãe!!!

Se seu cachorro tem mau hálito, também chamado de halitose, é possível que haja causas ocultas, algumas das quais podem ser bem sérias. Além do mau hálito, sinais indicando uma questão de saúde mais complexa dor oral, sangramento, dificuldade para engolir ou comer e depressão.

Não tente tratar o mau hálito ou outros sintomas antes de falar com seu veterinário, que vai querer avaliar seu cachorro e pode precisar de exames para descobrir o que está errado e discutir opções de tratamento com você.

Mau hálito pode ser sinal de que há algo errado com a saúde do seu cão. Às vezes seu cão precisa de uma boa limpeza oral, ou seja, a retirada dos tártaros que causam gengivite e mau hálito que pode se tornar doenças mais graves.

Existem no mercado aditivos de água que são líquidos que você adiciona a água do cachorro para ajudar a prevenir a formação de placas e para refrescar o hálito. Importante também que você forneça alimentos sólidos, evitando rações macias ou úmidas. Alguns biscoitos (petiscos) tem ação na limpeza dos dentes.

Essas são algumas dicas para evitar o mau hálito do seu cão. Quanto ao chulé, quem sabe um pouco de talco? hehhe

Veja o vídeo da médica Evelyn Salomão:

O cão autolimpante

Lembre sempre da higiene do seu cao– Alô! Dino, tô desesperada, precisando de ajuda urgente!
– O que foi minha senhora?
– Meu cachorro está comendo o cocô dele.
– Ué! A senhora tem um cão auto limpante (hahaha).
– É! Mas ele lambe minha bocaaaaaa! E descobri isso agora!!

Diálogo nojento, não é?!

Bom, cães costumam comer fezes de outros animais, principalmente de herbívoros. A mãe quando tem filhotes come as fezes deles para manter o ambiente limpo. A coprofagia é uma condição que leva o cão a comer as próprias fezes. É um hábito difícil de quebrar porque constitui em si uma recompensa, ou seja, o cão retira prazer da ingestão das próprias fezes.

Pode estar associados à falta de enzimas digestivas, vermes, desnutrição, estresse quando o cão faz pelo fator lúdico, ou por até mesmo ver o dono recolhe-las.

petrede-cachorro-lambendo

Cães que apanham quando fazem suas necessidades no lugar errado podem passar a comer as fezes para escondê-las do dono. É muito importante realizar um exame minucioso para descartar os problemas de ordem física, ou seja, que envolve saúde, descartando tais problemas. Então começa o tratamento psicológico e este requer muita paciência, tempo e persistência.

Existem no mercado muitos remédios que prometem acabar com a coprofagia, mas na verdade são apenas colaboradores com o tratamento que o adestrador deverá iniciar. Esses remédios costumam agir por um período, mas logo o cão se acostuma com o gosto das fezes novamente.

Um inibidor temporário e barato é o uso de um pouco de abacaxi misturado a ração. A fruta pode mudará o PH das fezes e enquanto o cão repudia por um período, o dono entra com o tratamento psicológico. O tratamento consiste em exercícios físicos, correções indiretas no momento exato e brinquedos atrativos que são inseridos no ambiente quando o dono se faz ausente.

É difícil, mas não impossível.

Boa sorte!