Corre muito

running-whippet-dog-wallpaper

Às vezes muitas pessoas perguntam:
– Dino qual a velocidade de um cão quando ele vai atacar?
E eu sempre respondo:
– Depende o quanto ele quer te morder!

Mas temos o Greyhound, que é um cão de companhia, conhecido como o cão mais rápido do mundo. Atinge a velocidade de 65 km/h. Há relatos de cães em provas que atingiram incríveis 80km/h. Esta característica esta presente em todos os cães da família dos Galgos. É um cão carinhoso e de bom caráter. É amável com a família e gentil com as crianças. É um cão calmo, tranquilo e consegue ter um bom relacionamento com os outros cães e pets. Com os estranhos costuma ser reservado e tímido.

WhippetWhiteSaddled_wb

No Brasil, talvez por seu tamanho, os Greyhounds são menos populares que outras raças ‘aparentadas’, como o Whippet. Um dos primeiros entusiastas da raça foi Santos Dummont, que trouxe seus exemplares da França. Os primeiros criadores da raça, iniciam sua criação no Brasil nos anos 40, no Rio de Janeiro. Em comum os Galgos de origem milenar são ótimos cães de caça, donos de um tipo físico e temperamento muito especial.

Deixo aqui um vídeo desse maravilhoso cão em ação.

Anúncios

Como evitar um ataque e se proteger

cao bravo

Parece engraçado, mas quando se está numa situação na vida real é difícil rir. Caso aconteça com você siga minhas dicas. Não garanto que saia ileso, mas pode amenizar bastante as consequências.

Quando se deparar com um cão de rua, sem dono, o segredo está em ignorar. Geralmente eles latem mais do que mordem, mas fique atento, alguns costumam dar umas beliscadas por trás, e é importante não ficar numa posição defensiva (corpo retraído tentando se encolher ou posicionando o corpo para trás). Fique ereto, levante a cabeça, se possível dê uma estufada no peito e ande com passos firmes e seguros.

como-sobreviver-a-um-ataque-de-pit-bull-4

Caso aconteça do cão iniciar o ataque, tente correr e subir em algum muro, carro, árvore.
Caso não seja possível, vire-se de frente para um muro ou parede e fique em posição de ‘estatua’. Geralmente cães se entusiasmam quando a pessoa corre, assim estimula o instinto de caça fazendo com que ele morda na perseguição. Ficando contra a parede, sem olhar nos olhos dele, ele perderá os estímulos, você pode até levar umas duas mordidas, sei que é difícil, mas tente não se debater.

images

Caso você caia tente ficar numa posição fetal, proteger a garganta e o rosto com as mãos. Fique o mais encolhido que puder e apenas grite por socorro sem se debater.

Outro truque que pode usar é tirar os tênis e colocar na frente, geralmente alguns cães mordem o que é apresentado. Tirar a camisa e enrolar no braço também pode ajudar a amenizar o ataque.

Tudo isso se der tempo, é claro.

AJUDANDO ALGUÉM DURANTE UM ATAQUE

Caso a situação for de ajudar alguém durante o ataque preste bem atenção:

Bater na cabeça do cão, usar guia, correia, pau pode não resolver muito. Aliás, pode aguçar ainda mais o animal o fazendo realizar movimentos bruscos com a vítima na boca agravando as mordidas.

Use um extintor direcionando o jato para a cara do cão.

como-sobreviver-a-um-ataque-de-pit-bull-8

Mangueira de água também é bom. Caso ele não queira soltar, enfie na boca dele com jato de água ligado.

Levantar o cão pelas pernas como carrinho de mão e retirá-lo andando em círculos, soltando somente depois do cão realmente controlado ou vítima fora de perigo.

Estas são algumas dicas básicas que podem ser usadas por leigos. Mas lembre-se, a melhor proteção contra um ataque é evitá-lo.

E se você é proprietário de um cão feroz, seja responsável e mantenha-o na guia forte, e em casa com um portão bem seguro.

A agressividade do cão

chi
Muitas pessoas têm ideia errada sobre a agressividade do cão. Tem a ideia de que um labrador ou um golden retriever nunca vão se tornar agressivo, pois são raças taxadas de tranquilas e tolerantes.

Mas veja como um cão pode se tornar agressivo:

RAÇA E LINHAGEM

Um ataque pode ser determinado por vários fatores.

Muitas pessoas se surpreendem quando se deparam com um golden retriever ou um labrador agressivo. No imaginário delas, essas possibilidades não existem. Mas elas existem. E não são tão raras assim.

Isso não quer dizer que uma raça não seja, em média, mais agressiva ou dócil que outra. Por exemplo, rottweilers são mais agressivos que cockers, em média, mas há muitos rottweilers mais dóceis do que muitos cockers.

Por isso é importante conhecer a linhagem do seu cão pra prever uma futura cria com tendência agressiva.

INFLUÊNCIA DA CRIAÇÃO

O modo como lidamos com o cão influencia muito o comportamento dele. O médico psiquiatra Içami Tiba escreveu o livro Quem Ama Educa e essa é uma frase que tem que ser levada ao pé da letra por quem tem um cão.

AMOR E CARINHO NÃO BASTAM

Depois de um ataque do cão ao seu dono sempre ouço dele: “sempre dei muito amor e carinho, fiz tudo que ele queria ele me mordeu.”

Para a maioria das espécies, a agressividade é fundamental. Por meio dela se conquista território, se acasala, se consegue comida. Em alguns cães essa agressividade pode aflorar durante alguma situação ou mais tarde com a chegada da idade. É o caso dos cães machos que, na puberdade, começam a brigar com outros cães machos.

Eis alguns tipos de agressividade:

AGRESSIVIDADE TERRITORIAL

AGRESSIVIDADE POSSESSIVA

AGRESSIVIDADE POR MEDO OU DOR

AGRESSIVIDADE POR DOMINÂNCIA

O importante é prestar atenção em sinais de agressividade que são passados durante a vida do cão e se o dono não tomar atitude pode explodir e dependendo do tamanho do cão fazer um enorme estrago.