Abra a boca e diga aaahhh…..tem tártaro aqui!!!

dog-10

O cara tinha um chulé horrível.
Sua esposa adotou um cão de rua, mas o coitado tinha tanto mau hálito que ela tinha medo que seu marido resolvesse devolvê-lo, então ela comprou um monte de petiscos de menta e outras coisas que prometiam um hálito perfumado para o cão.
Um dia ele chega em casa e logo vai para o quarto, tira os sapatos e as meias e vai para sala de TV.
Sua esposa chega com o cãozinho ainda mastigando os petiscos e resolve mostrá-lo e diz:
— Olha meu amor que lindinho!! (aproximando o cão do rosto do marido) Adivinha o que ele ta comendo?!
— Minhas meias! responde rapidamente o marido… rsrs

plaque05

Mas o que é que o cãozinho tinha que produzia um hálito de chulé?

O tártaro é o acumulo de placas bacterianas nos dentes. As bactérias vão se organizando e produzindo toxinas, ocasionando serias infecções nas gengivas. Nos animais que não possuem escovação periódica, elas se formam de maneira rápida e intensa. Além dos sinais visuais onde os dentes apresentam placas, o mau hálito é um dos fatores que fazem com que o dono perceba que está na hora de uma boa limpeza dentária. A presença do tártaro nos cães pode ter consequências sérias, desde a má alimentação onde a dificuldade de mastigação ou trituração de alimentos fazem o cão sentir dores na gengiva ocasionando a perda do apetite, até o aparecimento de doenças cardíacas.

Todos os cães numa determinada fase da vida terão que passar pela limpeza dos dentes, por isso sempre que for ao veterinário se informe se está na hora de fazer este procedimento. Não deixe para muito tarde pois já vi veterinários que assim que acabam de tirar o tártaro do dente do cão este caí, e chegam a conclusão de que o que estava segurando o dente era apenas o tártaro.

Mas como prevenir a formação do tártaro nos dentes do seu animal de estimação? Existem petiscos, ossinhos artificiais, biscoitos e até rações especiais que ajudam a evitar o acúmulo de placa bacteriana, mas o melhor ainda é a escovação. Por isso, desde pequeno incentive a aceitação do uso de escova dentária no seu cão, e assim no futuro ele terá bem mais saúde e você não sentirá no bolso.

tropiclean-oral-care-water-additive-contra-tartaro-co-gato-10763-MLB20034296711_012014-O

MAU-HALITO-DOS-CAES-BAFO-DOS-CACHORROS

Higiene é fundamental

shutterstock_156899147

Esses dias atrás, o meu amigo Altair Matos me perguntou o que eu achava de pessoas que deixam seus cães comerem seus restos no próprio prato ou panela.

Com animais temos que ter cautela quanto a algumas atitudes. É difícil se conter em algumas delas, pois nós que gostamos deles, somos impulsivos e muitas vezes as fazemos até mesmo sem ver.

Por exemplo, deixar nosso cão ou um desconhecido lamber nossa cara e às vezes nossa boca. Temos que lembrar que esta língua também lambeu o próprio órgão genital ou de algum outro cachorrinho, rs. Ela ainda lamba outras substâncias e secreções na rua.

Assim como deixar seu cão comer na panela ou lamber seu prato pode levar você a contrair bactérias que podem causar infecções de difícil tratamento, além de feridas e fungos de difícil trato. A boca de um cão com tártaro pode ocasionar muitos problemas não só em você, mas nele mesmo.

Sem dizer que fornecer restos de comida humana a um cão pode gerar distúrbios gástricos, queda de pelo, aumento de pressão arterial, entupimento de veias causado por gorduras, alergias e intolerância a algumas proteínas, aumento excessivo de peso.

A higiene nessa época em que vivemos devem ser consideradas primordiais. Veja que até os antibióticos estão sendo controlados, por que será?

Porque nesse século bactérias e vírus estão cada vez mais resistentes. Realmente a higiene se faz necessária. Quem tem esse tipo de contato com cão deve vermifugar-se e vermifugar o cão, mantê-lo com os dentes limpos e banhos constantes.

Assim quando fomos surpreendidos com uma lambida na cara não ficarmos preocupados e sim felizes.

Cocô mole

shutterstock_110690351

Muitos cães passam a vida toda com as fezes pastosas, quando deveria ser firmes sequinhas. O que pode estar acontecendo?

Primeiramente deve-se descartar a possibilidade de vermes até mesmo a giardiase e isso quem vai dar o diagnóstico é o seu veterinário.

Dado o diagnostico o veterinário irá receitar o vermífugo correto tratando o problema do seu cão.

Mas alguns cães também podem possuir intolerância à proteína de frango e quando isso acontece basta mudar a ração para uma com cordeiro ou salmão e o problema logo é resolvido.

Filhotes cuja a quantidade de ração está exagerada também apresentam fezes moles. Neste caso, deve-se verificar na embalagem da ração e fornecer o que está indicado.

Filhotes que comem e destroem tudo pela frente também pode apresentar gastroenterite aguda podendo apresentar até mesmo sangue nas fezes.

Bom, a melhor maneira de se chegar a um diagnóstico é consultar seu veterinário, pois ele te indicará o melhor tratamento.

Boca cheirando chulé

bocao

“Benzinho, advinha o que o Totó comeu hoje!” – diz a esposa. “Pelo cheiro da boca, sua meias!” – retruca o marido. Ah, se eles pudessem sentir o hálito de uma hiena ou um leão, diriam que o hálito do seu cão é um perfume, rs.

Às vezes, um cão tem mau hálito por desequilíbrio do nível de açúcar no sangue. Cães foram feitos para comer carne e não cereais. Quando um cão ingere corretamente a quantidade de proteínas e vegetais, o hálito fica perfeito.

Em certos casos o mau hálito esta associado a problemas de saúde. Um cão consegue sentir a diferença entre um cão saudável e um cão doente através do seu hálito. Problemas dentários como tártaro também desencadeiam o mau cheiro na boca. Se um cão apresenta um odor na boca adocicado ou metálico é bem provável que não esteja muito bem.

Também é bom não deixar suas meias jogadas por ai, rs

Não me toque

tosar

Essa semana recebemos no meu pet shop a Lila. Ela já havia passado por vários pet shops, mas toda vez que tentavam tosá-la, ela rosnava e tentava morder.

Lila é uma cadelinha adotada e sua vida não foi nada fácil. Ao ser adotada, recebeu todo amor e carinho que lhe fora negado e isso a deixara mimada.

Assim, quando Lila não queria algo bastava rosnar e mostrar os dentes ou tentar morder que logo paravam e a cada tentativa de banho esse hábito ia se tornando pior.

Um dos grandes problemas de alguns banhos e tosas são a economia de ferramentas.

Para isso é utilizado apenas uma lâmina para tosa faz com que aqueça e queime o cão quando a máquina toca o seu corpo, deixando-o com medo da tosa. A maneira de segurar as patas do cão puxando com força e o uso sem necessidade de focinheira também são causas da aversão de alguns cães por banhos.

Funcionários estressados, que trabalham como se estivessem numa linha de produção, limpam sozinhos 20 a 30 cães por dia, quase mecanicamente, deixando muitos cuidados de lado para acelerar o processo.

No final, conseguimos limpar Lila. Minha Pet Groomer, Aline, tomou uma mordida, algo desagradável, mas esperado em casas como este. Mas com paciência, usando a psicologia canina e a cima de tudo o profissionalismo, quase tudo é possível, rs.

Lila voltou pra casa sem os nós no pelo que a machucavam e dona, que antes atendia o telefone para ouvir que não haviam conseguido fazer o trabalho, desta vez ouviu que Lila estava pronta.

Tenho orgulho de minhas amigas e profissionais que hoje fazem a diferença no serviço de banho e tosa. Obrigado meninas!

Lágrima

epifora-400x285

Você compra um cão branquinho e com o tempo ele vai escurecendo a baixo dos olhos criando aquela mancha escura. Um problema bastante comum em cães de pelagem branca, essas manchas na face são causadas pelas lágrimas.

Algumas das causas podem ser resolvidas como a retirada dos pelos em volta dos olhos, correção cirúrgica de pálpebras com cílios voltados para dentro (entrópio), tratamento da conjuntivite e desobstrução do canal da lágrima, mas tudo isso é avaliado antes por um medico veterinário.

Conheço pessoas que resolveram apenas mudando a ração do seu cão ou o tipo de alimentação acredita-se que mudando a acidez produzida pelo organismo amenize o problema. Existem produtos específicos que podem ser usados para minimizar o escurecimento dos pelos. Devem ser usados com cuidado para não irritar os olhos dos animais.

O uso de antibióticos pode resolver temporariamente o problema, pois altera a composição da lágrima. No entanto, o efeito é apenas passageiro. Nas raças poodle, maltês e alguns terriers, pode acontecer o mesmo problema. O excesso de pelos próximos aos olhos podem causar irritação aumentando a produção de lágrima.

É aconselhável retirar esses pelos que possam estar irritando os olhos. Alguns produtos de limpeza ja ajudam a amenizar o problema converse com seu veterinário ou Pet Groomen e decidam o melhor a fazer.

Cheiro de cachorro

cao cheiro

Um dos problemas de se ter cachorro vivendo dentro de casa é o cheiro que fica no ambiente.

Nós que convivemos, já nos acostumamos, mas as pessoas que nos visitam às vezes deixam escapar um “nossa que cheiro de cachorro!”.

Segue algumas dicas de como resolver ou amenixar esse probleminha:

– Deixe a casa sempre ventilada, deixe o ar circular;
– Mantenha o cão com banhos semanais;
– Aspire a casa regularmente com aspirador de pó, assim vc retira todo pelo que fica nos cantinhos.
– Lave roupas ou tapete adicionando vinagre ou bicarbonato na lavagem;
– Os cobertores que seu cão usa pra dormir também devem ser lavados periodicamente.

Seguindo essas dicas você evita que sua casa fique cheirando cachorro, rs.