Maus-tratos – o que fazer?

mautrato2

Sempre pessoas me ligam dizendo que sabem ou conhecem um caso de maus-tratos, mas não sabem o que fazer ou a quem recorrer.

O primeiro passo para resolver qualquer problema é o diálogo. Obviamente que dialogar com o tipo de pessoa que sobre tal barbaridade é raro, mas não impossível. Se este for possível com a pessoa que está praticando o mau-trato, faça-o de imediato. Não filme seu vizinho matando o cão pra depois postar na internet e fazer a denúncia depois que o animal estiver morto.

mautrato1

Se preciso for faça a notícia crime de maus-tratos à polícia. Não é preciso ser advogado nem pertencer a alguma entidade protetora para fazer uma ocorrência de maus-tratos. Você pode ir até a delegacia mais próxima e fazer um B.O. (Boletim de Ocorrência). Se possível, leve uma testemunha com você. É possível ainda pedir sigilo da sua identidade. Em caso de envenenamento, leve exame toxicológico e laudo do veterinário. Você não será autor do processo e sim o Estado, pois o Estado é quem tem a tutela sobre os animais.

mautrato3

Ouço muitas pessoas dizerem que foram até a delegacia e o escrivão fez chacota do caso ou disse que não era da alçada da polícia. Se o escrivão não quiser lavrar o boletim peça para falar com delegado de plantão. Se no final, nem o delegado cumprir com o seu dever, leve o caso ao MP (Ministério Público) – que atua como “controlador externo” das atividades de polícia – através de um simples ofício escrito, narrando o ocorrido.

O maior mau-trato é ficar indiferente diante a essa situação…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s