Brincadeira de mal gosto

Sessão fotográfica com Hulk, Boxer malhado, 5 meses.

Pergunta da Sara de Ribeirão Preto:

“O meu Rottweiler (Logan), em questão de obediência, não tenho do que me queixar, aliás ele me obedece até demais, a ponto de ele estar comendo e eu falar para ele parar de comer e ele parar. Se ele está no portão latindo muito eu só falo ¨Logan¨ quando vejo ele já está sentado do meu lado, e o estranho é q ele não é adestrado! Enfim DINO, o ruim é que ele está muito forte! Eu não consigo brincar com ele direito, pois eu acabo sempre saindo com ferimentos. Ele não é agressivo, mas não sabe medir a força dele, sabe, só brinca e na brincadeira ele acaba machucando. Tem algum exercício q possa dar essa noção para ele? Vivo toda arranhada e com pequenas feridas por causa dele. Grata e parabéns pelo seu trabalho!”

Bom, toda brincadeira corpo a corpo com um cão de grande porte nós levamos desvantagens. Principalmente se o cão for um Boi como o seu hehehe.

O importante é manter a linha da brincadeira apenas para objetos e não corpo a corpo com bolinhas e brinquedos. Correr com ele ao seu lado é sempre uma brincadeira saudável e divertida. Evite brincadeiras que tenham contato corporal a não ser carinhos calmos e tranquilos. Até mesmo exercícios de adestramento como “senta”, “deita”, “fica” podem ser encarados pelo cão como uma brincadeira, basta você fazer com que fique divertido.

Incentivar um cão a medir forças com você pode gerar problemas de disciplina no futuro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s