Fome canina

fome2

Se aparentemente seu cão estiver lhe pedindo comida o tempo todo, isso não significa necessariamente que ele está com fome. Esse aparente gosto por lanches e petiscos pode, na verdade, ser um hábito influenciado por você e frequentemente relacionado com aspectos comportamentais, como tédio e falta de exercício.
Verifique a porção diária de ração que você está fornecendo a seu cão diante das recomendações da embalagem. Não se esqueça de que as recomendações sofrem mudanças à medida que seu cão cresce e passa para a dieta de adulto.

Como todo cão é diferente, as recomendações nutricionais servem apenas como uma orientação, devendo ser ajustadas de acordo com a taxa de crescimento e a condição corporal de seu próprio cão. Fale sobre o crescimento e a condição corporal de seu cão com o veterinário e ajuste a ração de acordo.
Assim que ele atingir o peso de adulto, monitorar o peso corporal para evitar ganho ou perda de peso com a ração atual.

fome1

Tente não estimular a “mendicância” por guloseimas da mesa. Fora dos horários das refeições, o alimento é mais bem utilizado como uma recompensa por um bom comportamento ou durante o adestramento. Assim, para não promover um desequilíbrio nutricional, é preciso levar em consideração o conteúdo calórico do alimento.

É essencial a manutenção das atividades diárias e do interesse. Se você não conseguir sair com seu cão o tanto quanto gostaria, considere um serviço de passeio para cães (dog walking) e torne o tempo em casa o mais divertido possível.

Se você continuar preocupado com o apetite de seu cão, fale com seu veterinário.

Anúncios

Troca dos dentes

dente3

Por volta do quarto ao sexto mês de idade todo filhote de cão e gato irá realizar a troca dos dente. Os dentes decíduos são dentes finos e pontiagudos e de aspecto frágil, porém machucam com mais facilidade quando os filhotes mordem nas suas brincadeiras. Os dentes permanentes são dentes maiores e mais brilhantes e serão os dentes definitivos por toda a vida do animal, e por esse motivo requerem cuidados de conservação e manutenção adequados.

dente1

Durante essa fase de troca de dentes o animal pode ficar seletivo para os alimentos ou mesmo inapetente pelo desconforto causado pela erupção dos novos dentes. Nessa fase é normal a presença de mau hálito e às vezes um sangramento gengival, mas todos esses sinais são temporários.

Normalmente não observamos os dentes trocados porque o animal irá engoli-los durante a mastigação dos alimentos, mas eventualmente poderemos encontrar alguns deles caídos pelo chão da casa.

dente2

Alguns animais não efetuam a troca totalmente, quando então observamos a presença de dentição dupla, principalmente nos caninos superiores e inferiores, nos incisivos mais raramente ou ambos. isso acontece geralmente em animais de pequeno porte e pode favorecer o acúmulo de restos alimentares e, consequentemente, tártaro e mau hálito. A pior consequência da dentição dupla é o desvio de mordedura que deverá ser corrigida com a extração dos dentes que não caíram o quanto antes para evitar que o desvio se acentue ou perpetue.

É aconselhado, mesmo antes da troca dos dentes, condicionar o seu animal a escovação periódica dos dentes, evitando o acúmulo de tártaro, e a perda precoce dos dentes.

Correndo atrás do rabo

rabo2

Hoje ao acordar olhei pela janela vi meu cão correndo atrás do rabo por meia hora, logo pensei: “cachorro idiota”! Como consegue se entreter com pouca coisa por tanto tempo? Só então me dei conta que fiquei meia hora olhando meu cão correr atrás do rabo… (kkkkkkk).

Mas o que levam os cães a fazerem assim?

Há mais de um motivo para esse comportamento. Alguns até preocupantes. Uma das explicações é ele saber que correr em círculos desperta a atenção do dono. O cachorro pode transformar isso numa estratégia, para ganhar atenção.

rabo1

Também por tédio ou falta de estimulação ambiental ou melhor dizendo falta de atividade, cães com forte instinto de caça podem canalizar essa necessidade não realizada “caçando o próprio rabo”.A tentativa de aliviar algum desconforto presente na região do ânus ou do rabo, como pulgas, dermatites ou inflamações da glândula paranal.

O mais preocupante, porém, é se o cão sofrer de estresse e desenvolver comportamentos compulsivos. Alguns chegam a morder e mutilar o próprio rabo. Nesse caso, é claro que o dono deve procurar um especialista em comportamento o mais rápido possível.

Onde estão os animais do circo?!

circo2

Ligamos a TV e lá está um animal no circo parecendo ser bem tratado. Você tem saudade de assistir um espetáculo de circo com leões e elefantes? Pois é… EU NÃO!!!

Ele foi tirado do seu habitat natural onde podia correr livremente dormir e descansar quando bem entendesse. O que te faz pensar que um animal no circo pode ter a mesma felicidade de um na natureza?

Ah, Dino! Mas esse nasceu em cativeiro ele não sabe o que é isso! Tem certeza?! Como será nascer em cativeiro, ter um instinto de liberdade, a vontade de caçar, correr, pular e não saber de onde saiu essa vontade?

circo1

Raciocine comigo. Se o leão foi realmente adestrado sem castigo, por que o cara usa uma cadeira e um chicote? Por que o cara que lida com o elefante tem aquele bastão na mão? Sem falar de animais estressados andando em círculos na jaula, animais com dentes e unhas arrancadas.

Existem sim adestradores de animais selvagens que utilizam técnicas sem agressão, mas muitos circos se quer tem capacidade de possuir um animal. Animais desnutridos, doentes. Alguns até abandonados em estradas como descarte.

Não gosto e nunca gostei de ver um animal acoado numa jaula ou preso pelo pé por uma corrente. Respeitar e cuidar dos animais faz parte de nossa sobrevivência.

Aprendendo com seu cão

ac2Você ai sempre preocupado no que ensinar para seu cão. Você já parou pra pensar no que aprender com ele?

Que tal aprender a ser feliz? Cães são seres tão felizes que parecem saber que vão viver tão pouco! Sim, você há de concordar comigo que cães vivem muito pouco, mas vivem o suficiente para sentirem tudo que o mundo lhes pode oferecer!

Eles aproveitam o momento presente, que num segundo será totalmente novo. Eles não pensam no que vão comer no almoço depois que tomam o “café da manhã”.
ac1Você está “vivendo” no passado ou no futuro? Se o cão vê um sanduíche na sua mão ele não pensa: “poxa! como seria bom se ele me desse um pedaço desse sanduíche”. O que ele esta pensando é: “Poxa como esse sanduíche está maravilhoso!”.

Estará você repetindo coisas que aprendeu ou esta falando de dentro do coração? Seu “obrigado” é realmente “muito obrigado”? Seu desejo de “bom dia”, “boa tarde” e “boa noite” são realmente sinceros?

Você costuma usar frases como: “Um dia terei”, “um dia serei”? Note que “um dia” nunca significa hoje. Comece a dizer “eu sou”, “eu tenho” e verá que o universo começará a conspirar a seu favor.acPare, pense! você prefere viver a beleza? Ou optou por conhecer a feiura? Lembre-se que a escolha é sempre sua, ao contrário de muitos cães que não a tem, e mesmo assim são felizes com que lhes oferecem. Os cães da sua vida podem ser ótimos professores. Se está disposto a aprender a criar sua própria vida, deixe que seu cão lhe ensine.

Cães começam a nos ensinar quando passamos a prestar atenção. E olha que eles são professores mais pacientes do que nós seres humanos!

Cão Social

cs1

Uma amiga do Facebook pediu para que eu escrevesse sobre o assunto.

Ela contratou uma diarista nova e sua Rottweiler e sua outra cachorrinha poodle estão com dificuldades de aceitá-la.

Receber uma visita ou contratar um novo funcionário não fazem parte do vocabulário canino todo e qualquer “intruso” será recebido com desconfiança por seu cão. O período inicial de socialização de um cão é de quatro a doze semanas.

É durante esse tempo que as habilidades sociais são impressas neles e sua interação com outros cães e humanos é, com sorte, positiva. A socialização deve continuar na vida adulta. Mas muitos donos de cães escolhem adotar cães mais velhos que ás vezes não foram socializados.

A socialização de um cão adulto com humanos deve ser feita lentamente. A paciência é uma qualidade aqui. Cães e humanos falam línguas diferentes, então ambos estão aprendendo a se comunicar.

cs2

Adicione no máximo uma pessoa por semana na vida do seu cão. Quando o conhecerem, faça com que ofereçam uma recompensa e falem com uma voz feliz, baixa e encorajadora. É melhor não usar um tom estridente que poderá estimulá-lo. Mantenha o cão na coleira de início, e não o force a chegar perto da pessoa. Deixe que ele leve seu próprio tempo.

O principal ao socializar um cão adulto, é ser positivo e fazer com que cada experiência seja boa com elogios e recompensas. Se você prende o cão quando chega alguém ele pode associar a atitude e começar a não gostar da presença de estranhos. Correções não funcionam bem nesse caso e podem criar um cão mais nervoso.

Não deixe a visita ou o estranho sozinho com o cão, principalmente novos funcionários andando pela casa. Mexer nas coisas do território pode ser considerando algo errado por seu cão.

Mantenha sua liderança e terá um cão educado e feliz!

Pulgas e Carrapatos uma praga difícil de controlar?

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Pulga e o Carrapato montaram um conluio e fizeram moradia no pelo do meu cão, rs… Lembra de uma musica mais ou menos assim? Pois é! nem eu kkkk

Mas você já deve ter passando um perrengue com infestação de pulgas e carrapatos no seu cão. Então fique sabendo que de nada adianta colocar remédios no seu cão se você não tratar, ou seja, pulverizar o ambiente.

Existem no mercado vários produtos que combatem essa praga no ambiente.
Vou citar alguns nomes aqui – não deveria, pois não estou ganhando nada com isso rs, mas… – Butox, Colosso, Triatox são ótimos pra ambiente (produtos que possuem em sua fórmula o AMITRAZ). c3
Alguns loucos vão dizer pra você banhar o cão, com algum deles, mas por favor, não faça isso! REPITO, não faça isso! Você pode causar uma intoxicação no cão, o que pode levá-lo à morte.

Ao usar estes produtos para pulverizar, use equipamentos de proteção, como boné, camisa manga comprida, óculos e luvas, pois são produtos tóxicos. Já no animal você, pode usar produtos a base de Fipronil, próprios para uso tópico. Eu uso no meus cães o Fiprolex que é bem em conta e age por 30 dias contra pulgas e carrapatos, basta vocês colocar na nuca do cão de acordo com o peso e pronto a cada trinta dias eu renovo a aplicação.
c1
A pulverização no ambiante deve ser feita com intervalos de 15 dias uma da outra, basta pulverizar os locais onde o cão fica deitado, onde ele dorme se você tiver aquelas vassouras de fogo melhor ainda, pois ela queima os ovos no ambiente.

É muito importante cuidar da infestação. pois seu cão pode contrair a erliquiose ou babesiose, doenças transmitida pelo carrapato que atacam os glóbulos do sangue causando anemia levando a morte.
Agora que você sabe disso, está aberta a temporada de caça as pulgas e carrapatos!!