‘Dino, você doma cavalos’?

cavalo2

Nunca tentei, mas se tivesse tempo e local creio que conseguiria. Todo animal que um bom adestrador vai trabalhar tem que ser conhecido pelo mesmo e como dizia meu pai “o pai de burro está ali na estante, pegue para ler e fique sabendo”.

Ler e se informar é muito importante, principalmente quando se vai ao desconhecido e ter a humildade de dizer que não sabe. O que sei sobre cavalos é que o homem se comunica quase inconscientemente com ele. Pelo odor que exala.

Sei que, assim como lidar com cães, dependendo do seu estado de espirito, você libera odores que podem ser reconhecido por ele. Assim como o cão faz, impedindo sua aproximação e conquista do seu aluno, um cavalo pode ficar arredio ou agressivo dependendo do seu estado de espirito

Existe um proverbio que diz: “O homem confiante faz o cavalo confiante”. Os cavalos sentem o espirito do cavaleiro e reagem com ele. Um cavalo ao ser montado sabe perceber se o cavaleiro é experiente ou não somente pelos estímulos que este lhe passa. O cavalo possui células receptivas no seu dorso ou seja em todo corpo e reage a cada estimulo ou toque.

Afagar é uma forma de comunicação entre homem e cavalo, estreitando os laços de comunicação. Existem alguns tipos de doma, as mais famosas são a doma racional e uma que me chamou bastante atenção foi a doma índia, pela comunicação corporal entre o domador e o cavalo.

Veja o vídeo abaixo, muito encantador.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s